Portuguese- Portugal

Lidar com a Poderosa Energia do Equinócio

harvestmoon2Hoje gostaríamos de centrar a vossa atenção nas energias muito intensas que têm estado a fluir para o vosso planeta. Como muitos de vocês sabem, recentemente vocês tiveram o Equinócio de Outono/Primavera. Muitos de vocês ainda estão com dificuldade para lidar com estas energias intensas e é nossa intenção, hoje, partilhar convosco a nossa perspetiva, para que vocês possam fazer um melhor uso destas energias poderosas.

Como é que vocês se estão a sentir durante este grande momento de mudança? Embora nós não prefiramos a palavra “sintoma”, basta dizer que muitos estão a sofrer com os poderosos efeitos secundários desta energia. Como em cada equinócio, a energia destina-se a ajudar-vos a libertar o que não serve mais para vocês. Destina-se a ajudar-vos a encontrar o equilíbrio e a recuperar a harmonia interior, apesar de poder parecer qualquer coisa, exceto harmonia, neste momento.

 Vocês poderão encontrar conforto em saber que não são os únicos que parecem estar um pouco tensos, nesta última semana, mais ou menos. Alguns sintomas muito comuns entre muitos de vocês são uma sensação de extremo cansaço, dificuldade em lidar com as vossas emoções, irritação, confusão mental, um sentimento de uma extrema falta de tempo, esquecimento e dores por todo o corpo. É certo que não estamos a dizer que toda a gente sente todos estes sintomas, no entanto, ao termos observado muitos de vocês, reparámos que muitos parecem estar a experienciar alguns – se não todos – sintomas listados acima.

 Vamos partilhar convosco a nossa perspetiva sobre por que razão vocês se sentem assim, e o que podem fazer para recuperar destas energias intensas. É importante relembrar que cada equinócio traz consigo energias muito poderosas. Embora pareça que esta energia é caótica, trazendo consigo muitas pontas soltas, assuntos inacabados e experiências imprevisíveis, asseguramos-vos que as coisas nem sempre são o que parecem ser.

 Vocês estão a entrar na energia que apoia a finalização. Tudo o que parece estar inacabado irá começar a desenrolar-se em timing divino. Setembro está mais normalmente associado à apresentação de crenças, medos e sonhos que vocês mantêm mais de perto de vocês. Permite que vocês os vejam manifestarem-se na vossa realidade física. Embora muitos achem essa energia bastante desafiadora, podemos assegurar-vos que tudo começará a se encaixar nas próximas semanas.

 Olhando em volta, há muitos por todo o mundo, que vêem apenas desordem e caos, mas saibam que nada de novo poderá crescer num jardim “sufocado” por ervas daninhas. As ervas daninhas devem ser arrancadas; devem ser retiradas antes de vocês poderem plantar as vossas sementes para a colheita. É exatamente por isso que muitos de vocês estão a experienciar estes vários sintomas.

Pedimos que vocês se lembrem disto: é nos momentos que vocês consideram mais difíceis que a vossa luz é mais necessária. Ao ancorar estas energias e ao permitir que as mesmas vos ajudem a limpar o que não é mais necessário, vocês tornam-se aptos a se tornarem um pilar de paz, ao invés de escombros. Entendem a nossa analogia? Ao ajudarem a equilibrar-se a vocês próprios, vocês estão, essencialmente, a ajudar aqueles que vos rodeiam a ancorar e a equilibrar esta energia de forma eficaz.

 Nestes tempos de turbulência é melhor passarem algum tempo na Natureza. Sentem-se tranquilamente na frente de um lago ou rio, vejam como as estrelas brilham lá em cima, coloquem os pés na erva alta, vão dar um passeio na floresta, sentem-se lá fora e assistam ao sopro do vento através das folhas ou ouçam, em silêncio, o cair da chuva sobre o vosso telhado. A Natureza é sempre extremamente útil quando vocês se estão a sentir emocionalmente instáveis, confusos, esgotados ou desestabilizados. A Natureza é muito ancoradora, ela tem a capacidade de ajudar-vos a libertar o que não vos serve mais, e tem efeitos calmantes maravilhosos para a vossa alma.

 Permitam-se refletir sobre as mudanças naquilo que desejam manifestar; as experiências que desejam criar. Concentrem a vossa atenção naquilo com que vão substituir o que está sendo libertado. Esta energia está, mais uma vez, a permitir-vos que vocês subam mais um degrau em vibração, se desejarem utilizá-la no seu pleno potencial. Claro que a escolha é sempre vossa.

Ouçam a vossa orientação interior para garantir que tudo está a desenrolar-se exatamente como deveria ser. Saibam que tudo não está caótico; está simplesmente a haver remoção para que vocês possam substituir com algo muito melhor. Não se deixem cair na energia do medo e desespero, vocês têm todas as ferramentas de que precisam para prosperar nestes tempos tumultuosos. Pois, todos os trabalhadores da luz saibam que existem centenas de outros a trabalhar no outro lado do véu, bem ao lado de vocês, para vos ajudar a ancorar e a libertar.

Em breve, vocês irão sentir-se revitalizados novamente, mas até lá, pedimos que vocês simplesmente permitam. Tentem não julgar quando estas emoções acesas e sentimentos de confusão mental surgirem, permitam-lhes que venham à superfície e fluam através de vocês. Nós asseguramos-vos que não estão a fazer nada de errado. Vocês têm trabalhado muito para aumentarem a vossa consciência a este nível. Mais uma vez lembramos que, o progresso nem sempre é feito em linha reta, em movimento para a frente; as desacelerações também são necessárias para o vosso crescimento. Permitem que vocês dirijam o navio para longe de onde não desejam mais ir.

 Esta energia está a permitir que aquilo que estava escondido, agora fique à vista. O que é que desejam manter e o que é que gostariam de mudar? Vocês não podem mudar o que não conhecem; e é por isso que dizemos que as coisas nem sempre são o que parecem ser.

Esperamos ter-vos servido de alguma forma e que tenhamos trazido alguma paz e tranquilidade a vocês nesta época importante de mudança.

No amor e na luz, nós somos os vossos Guias Angélicos

 

 

 

O amor elimina o ódio, mas o ódio nunca poderá eliminar o amor

earth angelHoje, gostaríamos de centrar a vossa atenção no tema do amor e da luz. É nossa intenção continuar a discutir o enorme poder que cada um de vocês tem dentro de si. Existem muitos acontecimentos, situações e circunstâncias que ainda ocorrem no vosso mundo que parecem terríveis para muitos de vocês, porém, os humanos, muitas vezes se sentem impotentes para mudar estas situações em grande escala. Isto é o que nós gostaríamos de focar, na esperança de que possamos esclarecer-vos sobre o enorme poder que têm dentro de vocês, para influenciar, drasticamente, o mundo, para melhor.

Pedimos à nossa mensageira que canalizasse este tema em particular, porque ela, como muitos de vocês, tem assistido a tantas situações que têm chegado ao seu conhecimento, ultimamente, que ela se sente impotente para alterá-las ou fazer nelas uma diferença drástica. Nós observamos como tantos de vocês, muitas vezes, se sentem dessa maneira, sem nunca perceberem o incrível poder que possuem. Por favor, saibam que nem o ódio nem a raiva irão eliminar os atos que mais desprezam no vosso mundo, só ao enviar amor e luz é que vocês podem realmente erradicar tudo o que já não querem testemunhar dentro da vossa realidade.

Já foi dito muitas vezes anteriormente e vamos dizer mais uma vez: vocês não podem impedir a manifestação daquilo que vocês odeiam, lutando contra isso, só o amor pode eliminá-lo. Alguns de vocês agora pensam: deverei amar o cancro? Deverei amar a guerra? Deverei amar o abuso de animais? A isto, respondemos “não”, vocês devem amar os opostos disto. Vamos explicar melhor. Se é o cancro que vocês querem eliminar, então amem a saúde. Vocês não podem eliminar o cancro, focando a vossa atenção nele. Lembrem-se, aquilo em que se focarem irá sempre expandir-se. Foquem a vossa atenção na saúde e saúde é o que vocês irão criar. Se é a guerra o que vocês querem eliminar, vocês não podem eliminar a guerra lutando contra ela; foquem a vossa atenção na criação de paz. Se é o abuso de animais que vocês odeiam, então, foquem a vossa atenção na verdade de que todos os seres são iguais, todos são sencientes, todos são amor.

Atualmente, alguns de vocês já estão familiarizados com este conceito, mas ainda existem muitos que permanecem inconscientes do seu verdadeiro poder. Ainda dão por vocês a perguntarem-se como é que o vosso foco consciente em algo poderá ter qualquer impacto sobre o mundo. Isto é o que queremos partilhar convosco. É da magnitude do poder do vosso amor que muitos de vocês não têm consciência.

À medida que o vosso mundo se torna literalmente menor por causa dos avanços tecnológicos que continuarão a progredir, vocês também verão mais daquilo que foi permitido acontecer no vosso mundo. Muitos ficam horrorizados com as atrocidades que vieram à tona nos últimos anos. Seria fácil de perceber o vosso mundo a tornar-se muito pior. Porém, queremos lembrá-los de que a razão pela qual vocês estão agora todos a tornar-se conscientes das criações que têm sido permitidas acontecer no vosso mundo é porque a energia da consciência coletiva está a tornar-se forte o suficiente para alterá-las. Nós dissemos-lhes muitas vezes, vocês não podem mudar aquilo que não conhecem.

Quando vocês têm amor no vosso coração e enviam aos “autores” destes atos luz em vez de ódio, pelos atos em que eles optaram por participar, vocês estão a ajudá-los a acender a luz que eles perderam. É certo que não estamos a sugerir que vocês devam amar o que eles fazem, mas sim, enviar-lhes amor, pois eles não se lembram da divindade que existe dentro de todos. Quando um ser recuperar o estado de espírito a que muitos se referem como estar totalmente consciente, estes atos de violência contra os seres humanos, animais e natureza deixarão de existir. Vocês vão se lembrar de que realmente somos todos um agindo como se estivéssemos separados entre muitos. Ao enviarem luz para aqueles que mais precisam dela, vocês ajudam a despertar a lembrança do ser divino dentro de toda a vida. A energia altera-se, porque vocês optaram por responder com amor ao invés de perpetuar o ódio e a violência que existem dentro desse ato. Vocês entendem?

A escolha é vossa, vocês podem optar por enviar amor e luz, ou podem optar por enviar ódio. No entanto, podemos garantir-vos que, apenas um vai erradicar o que vocês não querem mais ver;­ apenas um irá criar o resultado que vocês desejam testemunhar. Provavelmente isso irá levar algum tempo, porque vocês ainda estão dentro da ilusão de tempo e espaço, em que as densidades mais baixas criam uma demora percetível ao manifestarem a vossa realidade. Porém, nós não percebemos a “demora” e podemos garantir-vos que vocês estão a fazer mais bem do que realmente percebem neste momento. À medida que continuam a despertar, vocês estão a perceber o que o envio de ódio criou, e como seres criadores, vocês estão agora a começar a perceber como realmente se apaga tudo o que tem sido criado que vocês não desejam mais que se manifeste. Este é um grande salto para a consciência coletiva. Aqueles de vocês que são atraídos para estas mensagens estão a segurar a luz para aqueles que ainda estão a dormir, mas lembrem-se disto: basta apenas um fósforo para acender uma sala escura inteira.

Embora ninguém possa fazer com que vocês enviem o vosso amor e luz para o mundo, muitos de vocês estão a escolher fazê-lo por sua livre vontade e podemos garantir-vos, vocês estão a mudar o mundo com o vosso simples ato de bondade. Lembrem-se: o amor elimina o ódio, mas o ódio nunca poderá eliminar o amor.
Esperamos que continuem a partilhar a vossa luz aonde quer que vão, pois vocês nunca saberão o quão impactante a vossa decisão de amar será realmente para o mundo que criam.
No amor e na luz, nós somos os vossos Guias Angélicos

Copyright © 2012-2013 by Taryn Crimi. All Rights Reserved. Permission is given to copy and distribute this material, provided the content is copied in its entirety and unaltered, is distributed freely, and this copyright notice and links are included. http://AngelicGuides.wordpress.com

Os Registos Akáshicos

Translated by Susana Inácio:

Akashic recordsHoje gostaríamos de centrar a vossa atenção no tema dos Registos Akáshicos. Há muitas perguntas à volta dos registos Akáshicos e é nossa intenção partilhar a nossa perspetiva, na esperança de que tal possa ajudar a responder a alguns desses mistérios intrigantes a esse respeito. Iremos abordar não só o que são os Registos Akáshicos mas também a forma como se pode ter acesso a esses registos de forma consciente.

Muitos de vocês neste momento estão a tornar-se conscientes do seu poder infinito para criar tudo o que desejam experienciar. Como vocês estão a evoluir, estão também a recuperar o conhecimento que se manteve “oculto” à vista de todos. O Akasha ou Registos Akáshicos são essencialmente o registo de Tudo O Que É, tudo o que sempre “foi” e tudo o que alguma vez “será”. Isto é o que muitos acham tão intrigante. Como é que poderá haver um registo do que será se isso ainda não aconteceu? Como poderá ainda existir livre-arbítrio? Ahhhh, que questão intrigante e é aqui que começa a nossa conversa.

Primeiro, vamos solicitar que vocês tenham em mente que o “tempo ” como o conhecem é uma ilusão, na verdade, não é “real”, só é percebido na realidade em que vocês existem atualmente. No entanto, como expressámos muitas vezes antes, a partir da nossa perspetiva, o tempo é simplesmente um marcador. Pode ser usado um pouco como vocês usam os números de página num livro. Vocês são livres de avançar e retroceder da forma que desejarem, os números de página simplesmente permitem que vocês possam encontrar a experiência em que escolhem focar a vossa atenção. Em certo sentido, é assim que nós preferimos utilizar o tempo. Com essa analogia em mente, poderá ser mais fácil contemplar como toda a existência está a acontecer ao mesmo tempo, ao invés de numa linha linear formada por um passado, presente e futuro; portanto, a partir da nossa perspetiva, o passado, o presente e o futuro são simplesmente diferentes perspetivas de um mesmo momento “agora”; pois o agora é o único “tempo” que realmente existe.

Embora os Registos Akáshicos sejam um registo de tudo o que já foi, é, e será, estão continuamente a alterar-se, a mudar e a evoluir. Estamos cientes de que isto pode ser difícil de compreender por causa do acordo em acreditar no tempo linear. Estamos a tentar simplificar o que parece ser um tema muito complexo, em algo que ainda assim possa ser entendido com as acordadas limitações temporárias que vocês assumiram.

O entendimento de que os Registos Akáshicos se alteram, mudam e evoluem com todos vocês é fundamental para a compreensão de como a história, os acontecimentos passados​​, os acontecimentos futuros e percursos de vida podem e são continuamente alterados. Estamos a usar o verbo no passado e no futuro, a fim de ajudá-los a entender melhor a nossa explicação. Quando vocês mudam uma crença arraigada, aprendem uma lição de vida, dominam um desafio ou crescem e evoluem em consciência, vocês, essencialmente, estão a mudar todas as outras versões de “vocês” também. A razão disto é que esse conhecimento é então registado nos Registros Akáshicos para todos os outros, então, subconscientemente, acederem, para que eles também possam beneficiar da libertação de uma crença limitante. É por isso que cada vez que vocês libertam outra crença limitante, ou dominam uma lição em que queriam focar-se, vocês estão, de fato, a mudar não só essa versão de vocês mesmos, mas também, a permitir que todos os outros acedam a esse conhecimento se assim o desejarem.

Estes registos estão constantemente a mudar e a evoluir a cada escolha que cada ser fizer. A realidade que muito provavelmente se teria manifestado pode e, frequentemente, muda com a alteração de crenças, escolhas e decisões que estão constantemente a ser feitas. As realidades “futuras” que estão a ser criadas em grande escala pelo coletivo humano como um todo, irão, certamente, requerer uma mudança muito mais forte, para mudar o futuro mais provável de se manifestar, do que requer numa escala individual menor. É por isso que dizemos que os registos Akáshicos estão continuamente a alterar-se e a mudar.

Quando vocês nos pedem para perceber a realidade mais provável que é mais provável de se manifestar, são aos Registos Akáshicos que acedemos, para determinar qual a realidade a compartilhar convosco. Há no entanto um número infinito de diferentes realidades que têm a possibilidade de se manifestar. É por isso que, muitas vezes, dizemos que nós não prevemos o futuro, e sim que só podemos compartilhar convosco o que vemos como sendo o futuro mais provável de se manifestar na vossa realidade.

Da nossa perspetiva, o “passado” é tão provável como o “futuro”. Isto poderá parecer desconcertante para vocês, devido à vossa perceção de tempo, no entanto, as escolhas que vocês fizerem hoje afetam, de fato, o passado, o presente e o futuro. O que acontece é que as vossas mentes não estão atualmente focadas em perceber qualquer outro “passado” além daquele que vocês se lembram de ter vivenciado.

Na transição do mundo físico para o não físico, a cada alma é oferecida a oportunidade de aceder aos Registos Akáshicos de forma consciente, para rever a vida que “acabaram” de viver. Em certo sentido, é como assistir a um filme holográfico de toda a sua vida; embora este filme tenha “registado” todos os pensamentos, pessoas, crenças, experiências e decisões que foram feitas nas vossas vidas para ajudá-los a aprender melhor e a crescer com o que experienciaram. Agora imaginem que estes registos não estão a gravar apenas uma de suas vidas, mas todas elas. Agora imaginem que estes registos gravam não só tudo de suas vidas, mas tudo de todas as almas em todas as suas vidas em todos os mundos. Eis o quão imensos estes registos são. É a totalidade de tudo o que é.

Em certo sentido, os Registos Akáshicos podem ser comparados a uma biblioteca universal gigante de Internet, onde todas as almas podem ter acesso ao conhecimento universal de cada alma para com isso aprender e crescer ainda mais. Como dissemos anteriormente estes registos estão continuamente a ser “atualizados” e a evoluir com as experiências com que continuamente são enviadas para eles. Quando um ser aprende ou cria alguma coisa, a “receita” fica, então, disponível para todos os outros acederem e reforçarem mais esse conhecimento. Isto é como Tudo O Que é continua a crescer, aprender e evoluir. O Registo Akáshico, essencialmente, dá a todos os seres a capacidade de consistentemente inovar o que já foi descoberto.

Muitos estão agora a perguntar-se onde estão estes registos armazenados? Eles estão por toda a parte e, no entanto, não estão em nenhum lugar. Vamos explicar. O espaço é ainda outra ilusão que vocês concordaram em perceber temporariamente, no entanto, como o tempo, o espaço também não existe verdadeiramente da nossa perspetiva. Dizemos que eles estão por toda a parte, porque estes registos estão codificados em cada uma das vossas células, em cada cadeia de ADN de cada ser, mas não é físico. Não é um lugar, mas sim um estado de espírito, à falta de um termo melhor. Todos os seres têm acesso a estes registos, não há exceções. Tudo o que se interpõe entre vocês e o acesso a estes registos de forma consciente são as vossas crenças, ressonância e taxa de frequência.

Cada ser, de fato, já teve acesso a estes registos, embora muitos de vocês não estivessem conscientemente cientes de como a informação foi obtida. Todo o conhecimento que já foi descoberto em toda a existência está prontamente disponível para qualquer ser dentro da existência de Tudo O Que É; porque vocês são Tudo O Que Está a se manifestar como “Vocês” neste momento, a fim de ganhar mais uma perspetiva do multiverso infinito do qual vocês fazem parte.

Vocês poderão ter acesso a estes registos de forma consciente, estabelecendo a sua intenção de o fazer e estando prontos e abertos para recebê-lo. Isso pode ser chamado de canalização da informação dos reinos superiores. Com toda a certeza, todos os seres em existência têm essa capacidade, porém muitos têm permitido que este músculo se atrofie e, como resultado, muitos acham que é difícil conectar-se com os reinos superiores. Nós vamos dizer-lhe o seguinte: a canalização em si não é a parte mais difícil, e sim confiar no que vocês recebem é que parece ser a parte mais difícil para a maioria dos humanos. Vejam: muitos de vocês canalizam durante todo o dia, no entanto, tal é frequentemente descartado como sendo coincidência ou insights provenientes da vossa própria mente. No entanto, vocês podem ter a certeza de que os momentos em que, de repente, vocês recebem orientação, as próprias intuições e insights, isto, sem sombra de dúvida, é uma forma de canalizar a informação que está prontamente acessível para vocês o tempo todo.

Uma mente tranquila e um estado focado em receber são essenciais para vocês se abrirem à canalização de informação dos reinos superiores. Através da intenção e prática, todos os seres podem recuperar esta capacidade, e podemos garantir-lhes que chegará certamente um momento no vosso mundo em que todos os seres irão, de fato, recuperar esta capacidade consciente. Esta evolução já começou. Aqueles de vocês atraídos para esta mensagem estão, na verdade, a liderar o caminho para todos despertarem em consciência. Aqueles que optarem por permanecer adormecidos não são nem menos nem mais dignos; simplesmente é o papel e a experiência em que eles queriam participar. Vocês não estão a mudar os outros através das vossas palavras, mas sim, pelo exemplo que vocês dão para todos seguirem, aqueles que procuram a mesma paz, equilíbrio e harmonia dentro da sua própria realidade, que vocês, sem dúvida, vão recuperar.

Embora vocês possam, às vezes, sentir como se estivessem sozinhos nesta jornada para elevar a vossa consciência, por favor, saibam que esse sentimento é apenas uma ilusão, pois vocês estão sempre cercados por legiões de seres dos reinos superiores que estão esperando ansiosamente pela oportunidade de conscientemente se conectarem convosco. Aqueles que se sentem mais solitários são frequentemente aqueles que assumem a liderança através de um caminho de terra batida para todos seguirem. Nós os encorajamos a nos chamarem e nós alegremente conectaremos com vocês, se for esse o seu desejo.

Nós estamos sempre a apenas um pensamento de distância.

Esperamos tê-los servido de alguma forma.

No amor e na luz, nós somos os vossos Guias Angélicos

Copyright © 2012-2013 por Taryn Crimi. Todos os Direitos Reservados. É dada permissão para copiar e distribuir este material, desde que o conteúdo seja copiado na sua totalidade e sem alterações, seja distribuído gratuitamente, e esta nota de direitos de autor e os links sejam incluídos. http://AngelicGuides.wordpress.com

Criaturas míticas – Sereias, Elfos, Gnomos, Fadas, Lemúria e Unicórnios. Será que eles existem?

Translated by Susana Inácio:

unicornHoje pediram-nos para falar sobre a existência daquilo que muitos acreditam ser “criaturas míticas”. Iremos partilhar convosco a nossa perspectiva acerca destes seres, relativamente à sua existência no vosso mundo. Por favor, saibam que há, de fato, muitas “espécies” que existem no vosso mundo, que os vossos cientistas ainda não reconheceram ou descobriram. Vocês irão continuar a tomar conhecimento de muitos novos seres que coexistem no vosso mundo à medida que vocês continuarem a elevar-se em consciência. Alguns coletivos não estão prontos para serem descobertos, neste momento, uma vez que tal viria a ser prejudicial para a sua existência. Somente quando o coletivo humano estiver pronto para reconhecer a divindade dentro de cada ser é que estas populações se tornarão conhecidas para si.

Primeiro, iremos começar por lhe fazer uma pergunta. O que faz de algo um mito? A isto, muitos responderiam que um mito é simplesmente algo que não pode ser provado, que não foi aceite como “real” e só existe em “contos de fadas” e histórias. Atualmente, embora tenha havido contato do Homem com alguns destes seres, realmente, neste momento, não foram aceites como sendo “reais” em grande escala, entre o coletivo humano.

Pretendemos partilhar convosco a nossa perspectiva sobre cada um destes seres. Vamos começar esta mensagem com uma resposta muito direta à vossa pergunta muito específica. Estes seres são reais? A isto, respondemos: eles são tão reais quanto você. Em alguns casos, na verdade, são vocês quem são as “criaturas míticas” para o coletivo deles.

Vamos começar com as Sereias e Homens-peixes no vosso mundo. Embora já tenhamos abordado a existência destes seres pacíficos na nossa mensagem anterior, teremos o maior prazer de desenvolver o tema, em breves palavras, na nossa conversa.

Sim, há de fato muitas sereias nos vossos oceanos e mares, no vosso mundo. Muitas vezes passam despercebidas, pois, neste momento, têm medo de seres humanos. Elas são muito sociáveis e vivem em comunidades no fundo dos vossos oceanos. Elas são, de fato, um pouco semelhantes às vossas representações “míticas” delas, no sentido em que elas se assemelham ao tronco e parte superior do corpo de um ser humano, e à parte inferior de um peixe. A cauda[2] é semelhante à cauda de um golfinho na medida em que contém cartilagem, bem como músculo que é coberto por uma espessa camada lisa da pele. Elas não têm os rostos exatos de um ser humano; mais propriamente, você iria notar os seus rostos tão estranhos, visto elas não terem um nariz. Elas têm guelras em vez de pulmões e, como resultado, elas não têm um nariz no seu rosto para respirar ar. Houve seres humanos que encontraram populações de sereias, no entanto, isto é muitas vezes descartado como sendo um mito quando os outros referem os encontros.

Vocês poderão verificar que existem inúmeras grandes comunidades compostas de Sereias e Homens-peixes, e outros tipos de espécies no vosso planeta, elas evoluíram para se destacar no ambiente em que vivem. Como resultado, diversas comunidades destes seres assumiram diferentes traços e características para ajudá-los a se destacar nos seus ambientes. Todas as comunidades de sereias vivem mesmo na água. Algumas são nativas da água salgada, enquanto outras vivem em nascentes de água doce. Aquelas que habitam os oceanos profundos evoluíram para gerir as altíssimas pressões do fundo do mar. Elas também desenvolveram a habilidade de usar sonares como uma forma de visão, pois está muito escuro no fundo do mar. As que vivem nas nascentes de água doce são geralmente menores em tamanho e estrutura corporal, pois não requerem a mesma quantidade de massa muscular que os seus parentes nos mares profundos.

Elas poderiam ser consideradas como nómadas, no sentido em que elas, realmente, não vivem em casas permanentes; um pouco como o golfinho e espécies de baleias que existem no vosso mundo. No entanto, elas criam áreas de descanso que lhes permitem dormir, comer e brincar umas com as outras. Eles viajam mesmo em colónias e é muito raro encontrar uma sereia solitária. Elas são incrivelmente divertidas e desfrutam de uma vida muito despreocupada. Há muitos de vocês que gostarão muito de interagir com elas quando for a altura certa.

Vamos para a próxima abordagem – os elementais – que consistem em Fadas, Gnomos e Elfos. Há outros seres que podem ser incluídos dentro deste grupo, no entanto, pediram-nos para falar sobre estes três seres, em particular. Estes seres são, realmente, muito reais e existem em abundância no vosso mundo. Eles, muitas vezes, coexistem ao lado de muitos seres humanos, no entanto, raramente são detetados. Tal como as sereias, estes seres também têm bastante medo do coletivo humano como um todo. Há, certamente, seres humanos em quem eles confiam o suficiente para interagir, regularmente, no entanto, eles ainda não foram amplamente aceites como sendo “reais”. Os elementais trabalham “de mãos dadas” com a Mãe Natureza. Muitas vezes, aqueles que obtêm um vislumbre destes seres gostam muito do “ar livre”, e, muitas vezes, gostam de fazer jardinagem, plantar, e têm um amor pelos animais. Muitos de vocês têm sido regularmente ajudados pelos elementais, embora muitos ainda não estejam cientes da sua presença.

As fadas podem sempre ser encontradas em áreas rurais e preenchidas de Natureza. Existem fadas masculinos e femininos. Elas podem, na maioria das vezes, ser vistas e detetadas nas altas oitavas da 4ª dimensão, assim como na 5ª dimensão. É possível que aqueles que ressoem na 4ª dimensão, assim como aqueles de vós que são atraídos para esta mensagem, detetem estes seres na sua forma física, embora seja muito mais comum que elas sejam vistas como um reluzir ou brilho pelo canto do olho. A razão é que muitas vezes elas estão a vibrar muito rapidamente para serem detetadas pelo olho humano. Isto, obviamente, irá mudar à medida que vocês continuarem a elevar-se em vibração. Alguns de vocês já tiveram encontros com estes seres, enquanto estiveram na Natureza. Saiba que quando você vê aquele cintilar ou brilho pelo canto do seu olho, você acabou de ver uma fada, que confiou em si o suficiente para se dar a conhecer.

As fadas, muitas vezes, vivem entre as árvores e dentro dos jardins; logo, para a próxima vez que for para a Natureza, você poderá chamar pelas fadas na esperança de que possa ganhar a sua confiança para formar um laço afetuoso com elas. Elas, normalmente, tendem a ajudar os jardins de quem encontra alegria e prazer na jardinagem.

Os Elfos e Gnomos também se inserem no grupo referido como os elementais. Os Gnomos, muitas vezes, vivem no subsolo, dentro da sujidade, enquanto os Elfos se sentem mais confortáveis a viver dentro dos buracos de árvores. Tanto os Elfos como os Gnomos vivem em pequenas comunidades onde procuram a forragem e partilham a generosidade da Natureza que colheram. Eles são muito trabalhadores, mas gostam igualmente de brincar.

Os Elfos são mais gentis e dóceis por natureza, ao passo que os Gnomos são mais travessos. Eles gostam de brincar e, muitas vezes, ousadamente, interagem com o humano com quem coexistem. Os Gnomos ficaram conhecidos por armazenar pedras nos seus sapatos, e deslocar pertences humanos. Eles não o fazem por mal, embora achem de uma grande diversão passarem despercebidos e ainda assim terem a capacidade de fazer brincadeiras inocentes com os seres humanos desavisados.

Ao passo que os Elfos são um pouco mais tímidos, eles são mais afetuosos e desfrutam de uma vida simples. Também vivem em comunidades no interior das raízes das árvores, bem como nos troncos de árvores ocos. São, muitas vezes, responsáveis ​​por ajudar as árvores a crescer e a permanecer saudáveis. Eles têm uma afinidade mútua com as árvores, pois a árvore fornece-lhes abrigo e uma casa quentinha, enquanto eles garantem que a árvore é bem tratada.

Vamos agora falar sobre os seres conhecidos como Unicórnios e Lemurianos, visto eles estarem interligados. Os Unicórnios, ao contrário dos outros que já mencionámos, não existem mais na vossa realidade neste momento; no entanto, estes seres existiram realmente no vosso mundo. Os Unicórnios foram mais comuns na altura da Lemúria e Atlântida. Os Lemurianos foram os responsáveis ​​pela criação dos Unicórnios como uma espécie. A Lemúria “era” uma civilização muito avançada que ocupava um continente muito grande no centro do que hoje é conhecido como o Oceano Pacífico. A Lemúria tinha, aproximadamente, 3 vezes, o tamanho da maior ilha da Atlântida, que estava localizada no Oceano Atlântico. Grande parte dos restos físicos desta sociedade foi destruída, embora ainda existam algumas estruturas físicas que permanecem no Oceano Pacífico, neste momento. Vocês acabarão por descobrir grandes estruturas de pedra, bem como arquivos destas grandes civilizações “do passado”. Os arquivos foram codificados em cristais próprios, no vosso mundo, e quando for a altura certa, o coletivo humano irá descobri-los.

Os Lemurianos eram uma sociedade muito pacífica que valorizava a divindade dentro de todas as criaturas. No entanto, eles viveram na Terra numa altura em que havia outros seres humanos primordiais que eram muito menos evoluídos. Os Lemurianos tinham a capacidade de manipular geneticamente cadeias de ADN. O Unicórnio era originalmente um cavalo selvagem. O cavalo evoluiu com muito poucas defesas contra os predadores e como resultado foram caçados de forma excessiva. Os Lemurianos, ao verem que isso estava a devastar a população de cavalos selvagens, decidiram intervir e ajudar a população de cavalos, alterando geneticamente os genes de apenas alguns em cada manada. Eles tiveram o cuidado de ainda deixar alguns cavalos selvagens, de modo a não pôr em perigo as espécies de cavalos como um todo. Esta alteração genética tornou possível a estes cavalos voar e defender-se com o corno no seu nariz. Os Unicórnios são frequentemente descritos como sendo apenas brancos, no entanto, havia muitas cores diferentes de unicórnios, algumas das quais ainda hoje estão disponíveis no vosso cavalo moderno.

No entanto, porque esta não foi uma mutação natural nos genes, foi muito difícil perpetuar a espécie. Quando criada com um cavalo selvagem, a alteração genética raramente transitava para a prole. Os Lemurianos continuaram a produzir Unicórnios durante muitos séculos e tornaram-se muito afeiçoados a eles. Os Lemurianos tinham um parentesco com toda a vida. Eles, regularmente, criavam laços de amizade com muitos dos animais que entravam em contacto com eles. No entanto, a queda desta sociedade foi a sua propulsão para alterar e modificar todo e qualquer ser, para garantir a segurança da sua própria comunidade, bem como dos outros seres. As mutações genéticas que resultaram na sua adulteração acabaram por levar a uma comunidade que não podia mais ser sustentada. Muitos dos seres que abordámos hoje ainda existem no vosso mundo, na vossa realidade atual. Eles vão ser descobertos em grande escala quando a consciência coletiva humana estiver pronta para coexistir pacificamente com estas dóceis criaturas.

Esperamos que vos tenhamos servido de alguma forma e que vocês tenham achado a nossa conversa de interesse para vocês.

No Amor e na Luz, nós somos os seus Guias Angélicos

Copyright © 2012-2013 por Taryn Crimi. Todos os Direitos Reservados. É dada permissão para copiar e distribuir este material, desde que o conteúdo seja copiado na sua totalidade e sem alterações, seja distribuído gratuitamente, e esta nota de direitos de autor e os links sejam incluídos. http://AngelicGuides.wordpress.com

Leave a comment

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s